Home > Blog > Colaboradores > DESIGN, QUE BICHO É ESSE?

design

Colaboração:
CHARLES MENDONÇA – Designer Gráfico.

SiteE-mailTwitter.

Muito se tem perguntado por aí o que é Design.

E ao contrário do que muita gente pensa, design está longe de ser um mero desenho, um esboçozinho,ou ainda, uma ilustração. Também não se resume ao domínio do photoshop ou outro software qualquer. Não está enquadrado na categoria ciência e muito menos é arte.

Mas então, que bicho é esse, afinal?

Essa parece ser a dúvida que paira na mente de muitos empresários, empreendedores e parece não haver consenso nem mesmo entre os profissionais das várias especializações do design (Produto, Moda, Gráfico, Interiores, etc.) sobretudo aqui no Brasil.

Não é de admirar, pois são tantas as definições para o que seja design espalhado em livros, fóruns de discussões, sites “especializados” na web e em conversas de botequim,que mais confunde do que esclarece a quem está buscando informações sobre a área.

O termo em inglês pode ser tanto um verbo como um substantivo e refere-se ao processo, a concepção, ao projeto.

Saindo da questão etimológica, o fato é que o campo de atuação do design é complexo demais para caber numa definição simplista. Afinal, por se uma atividade relativamente nova e em constante transformação, não reconhece fronteiras nem limites e desde suas origens bauhausianas possue uma natureza multidisciplinar, transitando entre as disciplinas dependendo da natureza do problema ao qual propõe resolver.

Seu conceito é bastante amplo, pois assume várias formas de acordo com a linha de pensamento adotada em cada época.

No século passado, vindo das escolas européias por exemplo,considerava-se design apenas o que se destinava a produção em série. Hoje, essa teoria caiu por terra defitivamente. Esse é o caso de um site que é projetado como um único produto.

O design está relacionado com o desenvolvimento de um projeto para a produção de um produto. Seja ele seriado ou não Nesse contexto o design pode ser o processo, o resultado do mesmo ou ainda a própria solução do problema.

De certa forma, tudo o que consumimos, desde a revolução industrial, é design e está presente em quase tudo no nosso dia-a-dia.

CONCLUSÃO

Apesar das várias definições existentes sobre o que é design,são poucas as contradições entre elas. Em sua maioria elas se somam, se complementam e se renovam. Afinal, a transdisciplinaridade, característica inerente a prática do design,tem o poder de questionar, criticar, confirmar, ampliar e provocar esse movimento contínuo de retomada e deslocamento de conceitos outrora já consolidados.

Design é solução de problemas, projeto, função e forma. É pesquisa, desenvolvimento e conceito. Portanto é uma atividade ligada ao pensar, e muito mais.

SOBRE O ARTIGO: Este artigo foi feito por um(a) autor(a) que aceitou escrever para o blog ou que teve seu texto coletado da internet para publicação. Se você também gostaria de escrever para o COMUNICAR 360º ou quer indicar algo, mande um e-mail para criacao@ccapropaganda.com.br ou clique aqui e saiba mais como colaborar.

Add comment

® 2018. Todos os Direitos Reservados. CCA Alltype.

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com